web analytics

Península de Tróia

Colocado por em 06 Set, 2010 | Deixe um comentário



A Península de Tróia é uma península que se estende por cerca de 17 km de comprimento e 1,5 km largura, no litoral do concelho de Grândola, estando entre o Oceano Atlântico (a oeste) e o estuário do Rio Sado (a leste). No centro-norte da península fica Tróia, um complexo turístico e balnear. A península termina em frente à cidade de Setúbal.

A paisagem litoral é caracterizada por uma costa baixa com uma contínua praia arenosa, constituída por vezes pelos sedimentos avermelhados de escarpas arenosas recentes, rodeada por um mar azul que faz deste local um destino privilegiado para momentos de lazer.

Banhada pelo Atlântico, Tróia goza de uma situação privilegiada na costa ocidental: a amenidade que caracteriza as praias da Costa com as suas congéneres algarvias na tranquilidade e temperatura das águas, chegando a suplantá-las na beleza da paisagem que as envolve.

Um mar a perder de vista e areais imensos de dunas douradas separam o oceano de terra firme, da mesma forma que o delta do Sado separa Tróia de Setúbal. Este delta único é um refúgio para a garça-azul e a garça-real, para além de inúmeras espécies de peixes.

As praias de Tróia são muito conhecidas pela sua tranquilidade e boas condições que oferecem a todos os visitantes, usualmente praias de larga extensão que consagram espaço e condições para todos.

Beleza Natural

Num país famoso pelas suas praias, é bom constatar que ainda há lugares como Tróia, poupada à pressão turística de outras regiões, com  praias extensas para ser descobertas. Elas são um convite irrecusável para desfrutar o que a natureza tem de melhor.
O tempo e os elementos formaram as dunas ao longo dos séculos. A vegetação que aí cresce, protege-as contra a erosão, mantendo o equilíbrio natural e o carácter da paisagem. Passadiços em madeira conduzem directamente ao mar, como se fossem verdadeiros caminhos para o paraíso. A localização privilegiada de Tróia possibilita uma mistura única de vegetação, onde palmeiras crescem lado a lado com pinheiros, criando refúgios para uma rica diversidade de flora e vida animal.

História

Este é um local ocupado pelo homem desde tempos antigos, sendo no período de ocupação Romana uma ilha do delta do Sado, denominada de Ilha de Acála, sendo ainda hoje visíveis as Ruínas Romanas de Tróia que atestam este período histórico, nomeadamente desde o século I d.C..
Tróia serviu então, durante muitos séculos e no encaminhamento da utilização dada pelos Romanos, como um local industrial de salga e conserva de peixe e de funções piscatórias em geral, tendo no século XVIII tido lugar escavações arqueológicas que confirmaram a existência de antigos pequenos aglomerados residenciais.

Recentemente

Hoje em dia Tróia oferece as mais variadas infra-estruturas e serviços, entre alojamento, restauração, marina, casino, discotecas, campos de ténis e golfe, entre outras, estando a decorrer uma profunda remodelação urbano-paisagística que pretende remodelar as construções decorridas nas décadas de 60 e 70 do século XX, destinadas a um turismo de massas, entretanto degradadas.

A proximidade com zonas naturais de excelência como o lindíssimo Parque Natural da Serra da Arrábida, a Reserva Botânica das Dunas da Península de Tróia, o fantástico Estuário do Rio Sado e a zona da Comporta, promovem cenários de grande beleza, reunindo as melhores condições para a prática das mais variadas actividades de turismo e lazer.
Começando pela famosa travessia por ferry-boat que liga Setúbal a Tróia, muito há para descobrir e usufruir na Península de Tróia, entre belas e calmas praias a pequenas aldeias de pescadores, como a Comporta, o Possanco, a Carrasqueira, Brejos da Carregueira, que mantêm as suas típicas casas e tradições piscatórias, que importam conhecer e preservar.

Ideal para um fim-de-semana de descanso absoluto, já que aqui não vai encontrar as habituais enchentes de gente ávida de animação. Além dos 17 km de praia que percorrem a margem esquerda da península, pouco mais existe além do campo de golfe localizado a meio caminho entre Tróia e Comporta. A oferta gastronómica é outro dos atractivos, com vários restaurantes a marcar presença nas listas dos preferidos de muita gente. Peixe fresco, mariscos variados e bivalves compõem as ementas dos poucos, mas bons, restaurantes que ali montaram tenda.


Related Posts with Thumbnails